Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
14 abril 2020
Texto de Vera Pimenta Texto de Vera Pimenta

DGS recomenda uso generalizado de máscaras

​​​​​​​​​​​​​​​​Conheça as regras da nova medida adicional de protecção.

Tags
A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou o alargamento do uso de máscaras na comunidade, indo ao encontro da​ nova norma do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças sobre o tema.

Em conferência de imprensa, a ministra da Saúde afirmou que o uso de máscara passa a ser recomendado em espaços interiores fechados e com elevado número de pessoas, como supermercados, farmácias, lojas ou estabelecimentos comerciais e transportes públicos.

Às pessoas saudáveis e assintomáticas, aconselha-se o uso de máscaras de tecido, como as de algodão, que poderão ser reutilizadas após lavagem a 60 graus. A protecção adicional serve, neste caso, para diminuir o risco de disseminação de partículas.

A utilização de máscaras cirúrgicas, em tecido não tecido (TNT) e de utilização única, está indicada a pessoas doentes ou com suspeita de infecção e respectivos cuidadores. Os primeiros devem utilizar máscara em qualquer circunstância de interacção com outras pessoas. No caso dos segundos, sempre que interagem com os doentes.

Na informação da DGS, pode ler-se que a este grupo se juntam «as pessoas mais vulneráveis, como idosos ou doentes com sistema imunitário comprometido, bem como elementos de alguns grupos profissionais, como bombeiros ou agentes funerários».

Marta Temido frisou que a utilização de máscara «constitui uma medida adicional suplementar, complementar às medidas anteriormente recomendadas: lavagem das mãos, etiqueta respiratória e de manutenção da distância social».

Para uma correcta utilização da máscara, é aconselhável:

  • Lavar bem as mãos, antes de colocar o equipamento de protecção;

  • Que a máscara seja colocada pelo próprio, sempre que possível;

  • Ajustar ao nariz, cobrindo todo o rosto até ao queixo;

  • Não tocar no rosto durante a utilização;

  • Remover a máscara sempre pelos elásticos laterais;

  • Lave as mãos imediatamente depois.