Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
31 agosto 2018
Texto de Sónia Balasteiro Texto de Sónia Balasteiro Fotografia de Pedro Loureiro Fotografia de Pedro Loureiro

«Os professores devem ter poder»

​​​​​​​A experiência de Isabel Alçada enquanto ministra da Educação. 

Tags
Ministra da Educação entre 2009 e 2011, no Governo de José Sócrates, Isabel Alçada acredita na autonomia dos professores. «Um professor só trabalha bem quando está plenamente convencido de que aquela forma é a melhor, por isso é importante ter poder, autonomia, sentir-se bem». E orgulha-se de o ter conseguido.

A escritora assume que a pasta da Educação é difícil devido à responsabilidade inerente ao cargo e garante que, durante os anos passados no Governo, nunca o esqueceu. «Todos os dias de manhã, a primeira coisa de que eu me lembrava é: Deus queira que hoje ninguém se magoe. O ministro da Educação é o último responsável pela segurança de todas as crianças nas escolas». A aprendizagem dos jovens e o bom ambiente nas escolas completavam o trio de desejos da então ministra. 

 

Para conhecer mais desta história, peça a #RevistaSaúda deste mês na sua farmácia.​
Notícias relacionadas