Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
4 janeiro 2019
Texto de Sónia Balasteiro Texto de Sónia Balasteiro Fotografia de Pedro Loureiro Fotografia de Pedro Loureiro

«Tudo indica que vá ser péssimo»

​​​​​​​​​​António Zambujo comenta a situação no país de Chico Buarque e Caetano Veloso.

Tags
Apaixonado pelo Brasil só «porque é maravilhoso», António Zambujo vê com preocupação a situação actual daquele país, devido à eleição de Jair Bolsonaro.

«Estou na expectativa… Não gosto de sofrer por antecipação. Tudo indica que vai ser péssimo mas eu sou um optimista. Pode ser que as coisas entretanto mudem».

O músico, recorde-se, lançou em 2016 o álbum de tributo a Chico Buarque “Até pensei que fosse minha”, nomeado para o prémio Grammy Latino de “Melhor álbum de música popular brasileira” em 2017. O disco fez disparar a popularidade do cantor no Brasil.



 

Notícias relacionadas