Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
31 julho 2020

Férias em tempo de COVID-19

​​​​​​​Tudo o que precisa de saber e levar na bagagem para a pausa de Verão.

Tags
As férias são essenciais para descansar e contribuem para a saúde, física e mental. Este ano os cuidados são redobrados por causa da COVID-19. A palavra-chave é prevenção. Apresentamos o kit básico de farmácia para as férias:

  • Medicamentos que toma habitualmente.
  • Medicamentos para a dor/edema (inchaço).
  • Medicamentos para a diarreia e enjoo, bem como sais de reidratação oral.
  • Repelentes e produtos/medicamentos para o alívio das picadas de insectos.
  • Protector solar.
  • Pensos rápidos, adesivo, ligaduras e compressas esterilizadas, solução desinfectante e soro fisiológico (de preferência em unidoses).

Lembre-se dos cuidados a ter com os medicamentos:

  • Transporte-os sempre na embalagem original, devidamente acondicionados, para evitar que se estraguem.
  • Se viajar de avião, transporte-os na bagagem de mão – deste modo, evita expô-los à acção
  • das temperaturas extremas do porão e que se percam, em caso de extravio da bagagem.
  • Preserve-os num espaço fresco e seco (a casa de banho e o porta-luvas do carro não são locais adequados.

E porque ainda estamos em plena pandemia, recorde a importância dos cuidados de prevenção e contágio:

  • Assegure distanciamento físico (mínimo de dois metros) de pessoas com quem não convive habitualmente. Este cuidado inclui a utilização de máscara sempre que necessário (por exemplo, em espaços fechados). 
  • Evite o contacto com pessoas com manifestações de COVID-19, ou que vivam/tenham contactado com alguém que as tenha.
  • Lave as mãos (ainda mais) frequentemente, garantindo que o faz de forma adequada e durante o tempo necessário (40-60 segundos).
  • Assegure as medidas de etiqueta respiratória (ao tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com um lenço – que deverá ser imediatamente colocado no lixo – ou o antebraço, e lave ou desinfecte as mãos de seguida).
  • Dê prioridade a actividades ao ar livre ou em espaços bem ventilados.
  • Esteja atento a manifestações como:
            - Tosse (de novo ou agravamento da tosse habitual).
            - Febre (temperatura superior a 38.0ºC).
            - Dificuldade respiratória.

Se apresentar um ou mais destes sintomas, lembre-se… o coronavírus não tirou férias. Assim, independentemente do local escolhido para estes dias de descanso, na presença destas manifestações:

  • Não frequente espaços públicos (mantenha-se em isolamento).
  • Contacte a linha SNS24 (808 24 24 24) – poderá ser encaminhado para uma unidade de saúde ou ser aconselhado a iniciar autocuidado, em isolamento.

Perante esta última hipótese, e recordando que deverá manter-se isolado, é essencial assegurar formas de gerir algumas das principais manifestações da COVID-19:
  • Tosse (seca).
  • Febre.
  • Dores musculares.
  • Dores de cabeça.

Comece por fixar algumas medidas-chave:

  • Em caso de tosse, evite ambientes com muito fumo e/ou pó, e utilize humidificador na divisão da casa onde permanecer mais tempo. Pode experimentar diluir uma colher de chá de mel num chá ou água e beber a mistura (não se aplica a bebés com menos de um ano).
  • Descanse o máximo possível.
  • Ingira muitos líquidos (de preferência, água, mas também sopa, tisanas, sumos naturais).
  • Se tiver febre, mantenha a temperatura da divisão em que se encontra próximo de 20ºC e evite o excesso de roupa.

Para controlo da febre, assegure, ainda, que tem consigo um termómetro e medicamentos como paracetamol ou, em alternativa, ibuprofeno.
Notícias relacionadas