Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
31 agosto 2018
Texto de Centro de Informação do Medicamento (CEDIME) Texto de Centro de Informação do Medicamento (CEDIME)

Dê férias à sua pele

​​​​​​Cuidados para recuperar do sol.

Tags
As queimaduras solares (os chamados escaldões) são o resultado visível do efeito da exposição solar, mas há outros que só são descobertos mais tarde. A pele fica seca, desidratada e a descamar. Manchas no rosto e em outras zonas do corpo, que denunciam o envelhecimento precoce. A boa notícia é que é possível aproveitar o melhor do sol sem correr riscos. Sol, água do mar e cloro da piscina são apenas algumas das agressões a que a pele é sujeita nesta altura do ano. O que fazer para recuperar:
  • ​Esfoliação – para remover as células mortas acumuladas à superfície e conseguir uma pele mais uniforme. Ao mesmo tempo, estimula a renovação natural
  • ​Hidratação – depois de renovada, é preciso ‘alimentar’: é essa a função dos produtos hidratantes, para além de promoverem um bronzeado mais duradouro. Use um hidratante adequado ao seu tipo de pele, podendo optar por produtos específicos para depois da exposição solar, aplicado com generosidade pelo menos uma vez por dia
Os efeitos do sol revelam-se também nas manchas de hiper-pigmentação e sinais do fotoenvelhecimento da pele. São causadas pelo excesso de pigmentação (coloração) devido à acção intensa da radiação sobre a melanina (substância que dá cor à pele e a protege das radiações solares).
  • Concentram-se nas zonas mais expostas: face, mãos, ombros, braços e zona do decote
  • ​Surgem sobretudo em peles claras
​São mais comuns a quem se expõe excessivamente sem protecção. Se não houver alterações na cor, tamanho, forma, simetria, tanto os sinais de fotoenvelhecimento como as manchas de hiperpigmentação são inofensivos, mas esteticamente indesejáveis. Existem produtos despigmentantes que actuam sobre a melanina, reduzindo a produção e eliminando o excesso. As manchas são corrigidas, deixando a pele mais clara. Mas é preciso ser persistente, as manchas não surgem de repente e também não desaparecem de um dia para o outro.

O 'pano da grávida'

Muitas grávidas apresentam na pele, sobretudo do rosto, o chamado ‘pano da gravidez’ (ou cloasma): são manchas que resultam da acção conjunta das hormonas e da radiação solar. Por isso, se está grávida, proteja-se ainda mais do sol: use e abuse do protector no corpo inteiro, principalmente no rosto.
Notícias relacionadas