Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
27 maio 2021
Texto de Carina Machado Texto de Carina Machado

Saber é poder

​​​​Farmácias fazem testes seguros em poucos minutos.

Tags
Se vive nos concelhos de Lagoa, Lisboa, Odivelas, Oeiras, na Região Autónoma dos Açores ou na Região Autónoma da Madeira, já pode, de forma gratuita, saber a sua condição de saúde relativamente à COVID-19. Para tal, basta dirigir-se a uma das farmácias aderentes aos protocolos assinados com as autoridades municipais ou regionais para a realização de testes rápidos de antigénio (TRAg). 

Cada pessoa residente numa destas áreas é convidada a fazer, sem custos e mediante agendamento na farmácia à sua escolha, dois testes por mês, um a cada 14 dias, e ficar a saber, passados 15 a 30 minutos, se está ou não infectada pelo SARS-CoV-2. 

As farmácias integram, desde Dezembro do ano passado, a Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, prestando, em todo o território português, o serviço de rastreio rápido aos utentes. São cada vez mais os municípios que têm estabelecido parcerias com a rede de farmácias para a testagem massiva da população, sendo expectável que iniciativas do mesmo género se venham a estender, em breve, a outras regiões do país.
​​