Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
31 agosto 2018
Texto de Sónia Balasteiro Texto de Sónia Balasteiro Fotografia de Pedro Loureiro Fotografia de Pedro Loureiro

«Faço uma limpeza mental diária»

​​​​Marine Antunes garante ser a pessoa mais positiva do mundo.

Tags
Marine Antunes venceu um linfoma, na zona do mediastino (uma das cavidades da caixa torácica), aos 13 anos. Nunca deixou de rir e diz que esse é o segredo da sua força.

Hoje, 14 anos passados sobre o dia em que debelou a doença, a risonha jovem de 28 anos mantém alguns cuidados com a alimentação, embora nunca tenho sido «dramática» nesse campo. 

Ela passara a infância numa aldeia, a brincar ao ar livre com as irmãs e os primos. Fazia karaté e alimentava-se bem.  Voltou recentemente a fazer desporto, para manter-se saudável. «Corro e noto a diferença. Sinto-me cada vez melhor», conta a jovem. Há hábitos de que está veementemente afastada. «Era incapaz de começar a fumar, nem consigo estar com alguém a fumar. Quase me ofende». 

O seu principal cuidado é com a saúde mental. Todos os dias Marine procura esvaziar a mente durante uns momentos, minimizando os problemas do dia-a-dia. «Tenho absoluto cuidado. Faço uma limpeza mental diária, não alimento pensamentos negativos», explica ela.

Avessa a sentimentos de vitimização, a jovem abstém-se de proferir frases como «tenho tanto azar» ou «coitada de mim». E define-se como a «pessoa mais positiva do mundo».

 

Para conhecer mais desta história, peça a #RevistaSaúda deste mês na sua farmácia.​ 
Notícias relacionadas