Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
22 fevereiro 2017
  VIH
Texto de Carina Machado Texto de Carina Machado
NICE defende testes da sida nas farmácias

​​​​​​O objectivo é melhorar o diagnóstico da infecção pelo VIH/sida, especialmente em áreas do país onde a prevalência da doença é mais elevada.

O inglês National Institute for Health and Care Excellence (N​​ICE) recomenda a disponibilização de testes pelos serviços que estão mais próximos da população, como é o caso, na saúde, das farmácias.

As recomendações são alargadas a instituições do sector de voluntariado, como grupos religiosos, e locais propensos a comportamentos sexuais de risco, onde se incluem clubes nocturnos, saunas e festivais de música.
 
A guideline agora publicada vai ainda mais longe, considerando que os clínicos gerais devem pedir o teste a todos os pacientes ainda não diagnosticados, que o mesmo deve ser sempre incluído em todas as análises ao sangue e, em áreas de prevalência extremamente elevada, que todas as pessoas sejam testadas na altura da admissão hospitalar.
 
Leia aqui​ a guideline na íntegra.