Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
12 abril 2016
Texto de Rita Leça Fotografia de Luís Silva Campos Fotografia de Luís Silva Campos Texto de Rita Leça
Novas Apps ANF: Toda a farmácia no seu bolso

​​​​​​​Novas aplicações para o telemóvel permitem maior controlo na gestão do negócio e aproximam, ainda mais, farmácias e utentes. ​​

São três aplicações “acabadinhas de sair” e que possibilitam, através de um smartphone ou de um tablet, ter maior controlo na gestão da farmácia, estar sempre actualizado com a informação essencial à prática diária e estreitar os laços com os utentes. 


Três apps muito diferentes, com objectivos específicos, mas com um ponto em comum: facilitar a vida das farmácias e de todas as pessoas que nelas confiam. 

APP Farmácias Portuguesas
Lançada em Fevereiro, a app Farmácias Portuguesas é uma plataforma de comércio electrónico orientada para toda a população e que nasceu com o intuito de «colocar as farmácias onde os seus clientes já estão: no online». A afirmação é de Hugo Maia, responsável da Unidade de Suporte ao Desenvolvimento do Negócio das Farmácias, da ANF, que descreve as funcionalidades desta aplicação, explicando que a mesma foi desenhada «para permitir a reserva de produtos de saúde através da Internet – que depois podem ser recolhidos ao balcão ou entregues ao domicílio, para identificar as farmácias de serviço, alertar para a toma de medicamentos, entre outras». 

Para já, diz, «os números mostram que estamos no caminho certo: desde o lançamento oficial, a 15 de Fevereiro, temos tido uma média de 350 encomendas por semana». Contas feitas, são 960 as farmácias que já receberam encomendas electrónicas, o que representa cerca de metade do universo das farmácias que estão aptas a funcionar nesta plataforma. ​

Num sector onde as relações interpessoais representam um factor crítico de sucesso, importa sublinhar que «o objectivo desta ap​licação não é afastar as pessoas do espaço físico», conforme refere Miguel Lança, Chief Information Officer da ANF, que reforça que a ideia é «permitir que os utentes interajam com a sua farmácia mesmo quando não têm possibilidade de lá ir. No fundo, é fazer com que, cada vez mais, a farmácia ande no bolso ou nas malas das pessoas». 

Até ao momento, foram já feitos mais de 22 mil downloads desta app que, segundo Pedro Ferreira, director da ANF, tem uma outra faceta que importa ter em conta: 

«É uma ferramenta fundamental para posicionar o farmacêutico quase como um “personal health coach”». No futuro, «os utilizadores poderão vir a receber alertas através desta app para a necessidade de renovação de determinado medicamento que possa estar a acabar ou ver premiados os seus hábitos de vida mais saudáveis», por exemplo. 

Contudo, nas palavras de Hugo Maia, o fim é o mesmo: «Encontrar novas formas de dinamizar o negócio das farmácias. É este o outcome final que se espera com esta revolução tecnológica do sector». 

APP SIFARMA.SAFETY


Quase em simultâneo foi lançada a app Sifarma.Safety, que permite ao proprietário da farmácia acompanhar o seu negócio a qualquer hora e em qualquer lugar. 

Conforme nota Miguel Lança, «esta é uma ferramenta de gestão da farmácia em matérias ainda pouco exploradas. O Sifarma.Gest, que é já um poderoso instrumento de gestão, possibilita ao proprietário a definição de estratégias para o futuro perante os acontecimentos actuais da farmácia. O Sifarma.Safety vai mais longe: permite monitorizar o desenvolvimento dessas mesmas estratégias». 

Por isso, os desafios são elevados. Agora já é possível dar instruções aos colaboradores, personalizar alertas e receber no telemóvel actualizações permanentes dos indicadores que o utilizador considere mais importantes, mas a ideia é ir mais longe «Queremos imbuir a app de inteligência. É certo que já damos alertas e fornecemos indicadores-base da actividade da farmácia, mas vamos trabalhar, agora, para que estes alertas sejam verdadeiramente significativos para o seu gestor». 

APP ANFOnline ​


É, das três, a mais recente. A app do ANFOnline foi disponibilizada no dia 1 de Março e permite aceder aos conteúdos clássicos do portal em qualquer lugar: circulares, newsletters, comunicados, vídeos, notícias ANF e notícias de imprensa. 

As funcionalidades desta aplicação permitem encurtar a distância entre as farmácias e a ANF, mas também entre elas próprias, na medida em que a informação se torna mais acessível e estandardizada entre os sócios, quer se encontrem no interior do país, no litoral ou nas ilhas. 

É de notar que esta é uma aplicação reservada apenas aos utilizadores do ANFOnline previamente autorizados. 



Notícias relacionadas