Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Desconfortos na gravidez – O que esperar no 1º Trimestre?

A gravidez é um período repleto de alterações, físicas, mas também emocionais. Estas alterações podem causar algum desconforto e, embora sejam mais frequentes em determinados trimestres, podem ocorrer ao longo de toda a gravidez, com maior ou menor intensidade.

 

Por isso, é importante que reconheça as causas e adote medidas simples, mas essenciais, para o seu bem-estar.

 

  • Enjoos

Cerca de 85% das mulheres têm enjoos no primeiro trimestre da gravidez. Ocorrem, principalmente, de manhã, mas podem manifestar-se a qualquer momento do dia. Entre outras causas, os enjoos tendem a ocorrer devido às rápidas alterações hormonais do início da gravidez (quanto mais alto os níveis da hormona hCG, maior a incidência dos enjoos).

Dicas:

  • Coma em pequenas quantidades, várias vezes ao dia (cinco ou seis pequenas refeições ao longo do dia);
  • Prefira alimentos leves e fáceis de digerir (tostas, fruta, cereais, etc.) e evite alimentos de difícil digestão (fritos, molhos, gorduras, etc.);
  • Mantenha bolachas ao lado da cama e coma uma ou duas antes de se levantar;
  • Evite jejuns prolongados.

 

  • Alterações nos seios

No início da gravidez, os seios começam a aumentar de tamanho, e tornam-se mais firmes e sensíveis. Embora desconfortáveis, estas mudanças acompanham toda a gravidez e têm um importante propósito: preparar o corpo para a amamentação.

Dica:

  • Use um sutiã de apoio que seja confortável e adequado a esta nova fase. Opte por sutiãs de algodão e alças largas, que se adaptem ao aumento gradual dos seios, disponíveis na sua farmácia.

 

  • Fadiga e sonolência

Estes sintomas são geralmente de causa desconhecida, mas podem ser provocados pelas alterações hormonais.

Dicas:

 

  • Aumento da vontade de urinar

Nesta fase o útero aumenta de tamanho e, como tal, exerce pressão sobre a bexiga, fazendo com que haja menor capacidade na retenção de urina. Por outro lado, durante a gravidez há um aumento da produção de urina. Estas duas situações fazem com que urine mais vezes por dia.

Dicas:

  • Urine sempre que necessário: reter a urina aumenta o risco de infeção urinária;
  • Esvazie totalmente a bexiga ao urinar;
  • Não pare de beber líquidos, mas reduza as bebidas estimulantes, especialmente antes de dormir.

 

Veja também:Desconfortos na gravidez – O que esperar no 2º Trimestre?” e “Desconfortos na gravidez – O que esperar no 3º Trimestre?