Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

O que são as Verrugas?

Por vezes, desagradáveis e inestéticas, as verrugas são infeções na camada superior da pele ou mucosas, causadas por vírus (da família do Vírus do Papiloma Humano (HPV), que podem afetar qualquer pessoa, em qualquer idade. Contudo, são mais frequentes nas crianças e adolescentes.

 

Surgem como pequenas calosidades na pele, que variam em aparência e desenvolvem-se de forma singular ou em aglomerados (semelhantes à superfície de uma couve-flor). Apesar de aparecerem em qualquer local do corpo, são mais frequentes nas mãos e nos pés.

Tipos de verrugas:

  • Verrugas plantares, é o nome dado às verrugas que aparecem apenas na planta do pé, muitas vezes confundidas com os calos. Provocam alguma dor ao andar, devido ao peso que o corpo exerce sobre elas;
  • Verrugas vulgares, é o nome dado ao tipo de verrugas mais comuns. Encontram-se frequentemente nas mãos, dedos, cotovelos, joelhos e ao redor das unhas (Verrugas periungueais);
  • Verrugas planas, é o nome dado às verrugas lisas e planas que se desenvolvem normalmente no rosto;
  • Verrugas filiformes, é o nome dado às verrugas com crescimento longo e pequenas, geralmente presentes no rosto, pescoço e pálpebras;
  • Verrugas anogenitais, é o nome dado às verrugas dos órgãos genitais e da região perianal e anal.

É contagioso?

Sim. As verrugas surgem devido à transmissão do vírus que as causa, o que ocorre por contacto direto com pessoas ou objetos infetados. A presença de pequenas feridas, como cortes ou arranhões, facilitam a entrada do vírus na pele.

O contágio das verrugas da planta do pé ocorre, habitualmente, quando se anda descalço em ambientes húmidos como piscinas ou balneários. Isto porque, a humidade tende a amolecer mais facilmente a pele e ajuda o vírus a entrar no corpo.

Apesar de tudo, o sistema imunitário de cada pessoa responde ao vírus de maneira diferente, por isso, nem todas as pessoas que entram em contacto com o vírus desenvolvem verrugas.

Devido ao risco da transmissão do vírus e ao aparecimento de novas verrugas, o tratamento das verrugas é recomendado.