Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Conta calorias?… Sabe o que é a Permarexia?

Sabe quantas calorias tem cada um dos alimentos que come? Soma as calorias diárias do que ingere? Tenha atenção, contar calorias pode, por vezes, tornar-se uma obsessão!

 

Todos os alimentos que ingerimos fornecem calorias (1 caloria = 1 kcal) através dos macronutrientes (gorduras, hidratos de carbono e proteínas) e, normalmente, essas calorias ingeridas são equivalentes às que gastamos diariamente. Contudo, nos dias em que cometemos excessos, por norma, a quantidade de calorias ingeridas é superior, podendo acumular-se sob a forma de gordura no corpo.

A permarexia, é uma alteração do comportamento alimentar, que consiste numa preocupação obsessiva com o valor calórico dos alimentos. O seu termo e classificação como doença ainda não é consensual, mas este comportamento leva a pessoa a privar-se de determinados grupos de alimentos durante um longo período de tempo, o que pode provocar consequências graves na saúde. Tipicamente, as pessoas que sofrem deste distúrbio seguem constantemente, e de forma obsessiva, várias dietas, sem acompanhamento de um profissional de saúde.

Sinais de alerta

  • Tem noção exata da quantidade calórica de cada um dos alimentos;
  • Apresenta baixa autoestima;
  • Controla constantemente o peso;
  • Segue várias dietas de forma obsessiva;
  • Não se sente confortável com o seu corpo;
  • Come pouco, ou maiores quantidades muito afastadas no tempo.

Consequências da permarexia na sua saúde

  • Episódios de hipoglicémia (baixos níveis de açúcar no sangue), que podem causar visão turva, tonturas e, por vezes, desmaios;
  • Prisão de ventre, úlceras gástricas ou deficiências nutricionais devido à privação de certos grupos alimentares.

Além do mais, quem sofre deste distúrbio tem também uma maior tendência em desenvolver outro tipo de perturbações alimentares, como bulimia ou anorexia.

Superar a permarexia é possível!

Aceitar qualquer distúrbio alimentar pode ser um caminho difícil, mas é o melhor que pode fazer pela sua saúde. E lembre-se, não está sozinho, pode contar com o seu médico ou farmacêutico para o ajudar a superar comportamentos obsessivos.

Para tal, é crucial que seja acompanhado por uma equipa multidisciplinar (nutricionista, médico, farmacêutico…) e familiarizada com o seu caso, para o ajudarem, não só a incorporar hábitos alimentares saudáveis, como também a melhorar a sua autoestima e a forma como vê o seu corpo.

Cuide de si e daqueles à sua volta, fique atento aos sinais e atue antes que o distúrbio se instale e desenvolva graves problemas de saúde.