Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Suplementos alimentares energizantes

Nos dias que correm, todos nós vivemos a 200%. O dia torna-se demasiado curto para fazer todas as tarefas diárias que temos planeadas.

 

Por esta razão, muitas pessoas nem sempre têm tempo para fazer refeições adequadas e equilibradas, ignorando as suas necessidades nutricionais, traduzindo-se em estados de fraqueza, cansaço e falta de energia.

É aí que os suplementos alimentares vêm a calhar. Os multivitamínicos e minerais podem ajudar a garantir um aporte suficiente de vitaminas e minerais, colmatando o cansaço e a fadiga e ajudando a recuperar a sensação de bem-estar.

suplemento-alimentar-energiante-energético

Para além das vitaminas e minerais, existem outros componentes, conhecidos como “estimulantes”, que pode encontrar em diversos suplementos alimentares indicados para este fim:

– Cafeína;

– Guaraná, erva-mate, cola, chá verde e café verde (são compostos que também apresentam cafeína na sua composição);

– Ginseng;

– Laranja amarga.

(Nota: presentes em suplementos alimentares em associação e/ou associados aos multivitamínicos e minerais).

Se se sente em baixo de forma e procura complementar a sua alimentação com um suplemento alimentar energético, deve aconselhar-se previamente com um profissional de saúde, principalmente no caso de ter alguma doença ou estar a tomar medicamentos ou outros suplementos.

Também é importante ter em conta que, tomar um suplemento alimentar para lhe dar energia, de nada adianta, se não considerar os seguintes fatores:

– Ter uma alimentação saudável e variada;

– Praticar atividade física regularmente;

– Dormir o número de horas adequado;

– Não fumar;

– Evitar bebidas alcoólicas;

– Praticar atividades que proporcionem prazer e bem-estar.

Quanto melhor a sua disposição estiver, melhor será a sua qualidade de vida e, consequentemente o seu bem-estar físico e mental.

Peça conselho ao seu farmacêutico!