Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Suplementos alimentares antioxidantes

É comum ouvirmos que os antioxidantes são substâncias fundamentais para a nossa saúde, uma vez que combatem os radicais livres, causadores de várias doenças e inflamações, como é o caso da doença de Alzheimer, do envelhecimento precoce, do cancro e dos problemas do coração.

 

E o que são “antioxidantes”?

Na maioria das vezes o nosso corpo é capaz de produzir os antioxidantes necessários para combater os radicais livres e impedir que estes causem danos no organismo. Existem, no entanto, fatores externos que podem dar origem à formação de um excesso destes radicais livres, fazendo com que o nosso corpo não consiga combatê-los, como por exemplo:

  • Tabaco;
  • Álcool;
  • Aditivos alimentares;
  • Stress físico;
  • Poluição;
  • Raios-X e radiação ultravioleta;
  • Pesticidas e herbicidas;
  • Conservantes alimentares;
  • Stress mental;
  • Consumo de gorduras em excesso.

Na presença de um excesso de radicais livres, a suplementação e alimentação, tornam-se essenciais para fortalecer o poder antioxidante do nosso corpo.

Que tipos de antioxidantes devem fazer parte da nossa dieta?

O ideal é que os antioxidantes sejam obtidos através de uma alimentação equilibrada e rica em frutas, verduras e legumes. No entanto, em algumas situações , ter uma alimentação variada pode ser uma tarefa difícil, e o recurso à suplementação em antioxidantes é uma boa opção, com o devido acompanhamento de um profissional de saúde.

Os antioxidantes são substâncias essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo, porque evitam que os radicais livres nos prejudiquem.

Então a solução parece óbvia: vamos ingerir o máximo possível de antioxidantes e assim contrariamos qualquer problema associado aos radicais livres? Não! É importante haver um equilíbrio entre antioxidantes e radicais livres. Se tivermos demasiados antioxidantes no nosso organismo vamos condicionar as defesas do mesmo.

Assim, devemos apostar num estilo de vida saudável, com a prática de atividade física regular e boas escolhas alimentares e, se necessário, recorrer ao auxílio de suplementos alimentares, como complemento de uma dieta diversificada. Assim teremos o nosso sistema antioxidante a funcionar a 100%.

Saiba mais acerca destes e de outros suplementos alimentares, bem como a sua adequação à sua condição, junto do seu farmacêutico!