Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

O que é o Sarampo?

O sarampo é uma doença contagiosa provocada pelo vírus Morbillivirus. Transmite-se de pessoa para pessoa, por via aérea através de gotículas de saliva ou aerossóis.

 

Isto significa que o vírus é contraído ao inalar as gotículas de uma pessoa infetada que se encontram em suspensão no ar, depois de terem sido expelidas ao tossir, por exemplo.

As primeiras manifestações que surgem, 7 a 14 dias após a infeção, são:

  • febre alta (entre 39ºC e 40ºC);
  • tosse seca;
  • congestão nasal (nariz entupido);
  • irritação na garganta;
  • olhos vermelhos e lacrimejantes;

1 a 2 dias mais tarde, podem surgir pontinhos brancos no interior da bochecha (chamados manchas de Koplik).

Alguns dias após as primeiras manifestações surge a típica erupção na pele, associada a comichão ligeira, sobretudo à frente e por baixo das orelhas e nos lados do pescoço.

Esta erupção apresenta um aspeto de placas irregulares, planas e vermelhas que rapidamente vão aumentando em extensão. Após um ou dois dias, espalha-se para o tronco, braços e pernas, e começa a desaparecer do rosto. No pico da doença, a pessoa sente-se enfraquecida, as manchas atingem grande parte do corpo e a febre pode ultrapassar os 40ºC.  Ao fim de cerca de 3 a 5 dias, a temperatura começa a diminuir e ocorre um alívio dos sinais e sintomas, nomeadamente o desaparecimento das manchas.

Por ser uma doença comum em crianças, o contacto com o médico pediatra para ter a certeza do diagnóstico é importante e não deve ser descurado. O tratamento do sarampo passa, essencialmente, por um alívio dos sinais e sintomas associados. Para tal, procure:

  • que o seu filho descanse;
  • alivar a comichão com banhos de água morna e aplicação de loções calmantes, por exemplo, à base de calamina;

Pode ainda ser recomendada medicação para baixar a febre e para aliviar a tosse. No entanto, crianças com menos de 3 anos e febres superiores a 39ºC, deve ser sempre consultado um médico.

É possível prevenir?

A única forma de prevenir o Sarampo é a vacinação, sendo essencial não apenas para evitar a doença individualmente, mas para que seja possível controlar surtos e eventualmente, erradicar a doença. Atualmente a vacina contra o sarampo faz parte do Programa Nacional de Vacinação (PNV). A 1ª dose desta vacina é recomendada aos 12 meses e a 2ª dose aos 5-6 anos, antes da escolaridade obrigatória.