Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Aparar as unhas dos cães

Quando se fala em cortar as unhas a animais de estimação, é comum pensar-se, de imediato, nos gatos. Mas este cuidado, por norma, também deve ser assegurado em cães.

 

É verdade que muitos deles, ao passarem algum tempo na rua, acabam por pisar superfícies rígidas, como alcatrão, desgastando, deste modo, as unhas. No entanto, dependendo da idade e da raça do animal, isto pode não ser suficiente. Por outro lado, pode ser necessário assegurar também um cuidado extra aos cães que passam mais tempo dentro de casa.

E porquê? Porque unhas demasiado grandes podem partir-se, ou crescer na direção das almofadinhas plantares, causando, com isso, desconforto e dor ao animal.

A frequência com que deve aparar as unhas ao seu cão depende de vários fatores. Por exemplo, cães de raças mais pequenas tendem a desgastar menos as unhas, em parte, por pesarem menos. Este desgaste também pode diminuir com o avançar da idade, uma vez que os animais se tornam, naturalmente, menos ativos. Assim, enquanto, a alguns cães, se deve cortar as unhas todas as semanas, a outros, basta fazê-lo uma vez por mês. Uma boa regra a seguir é: quando começar a ouvir, no caminhar do seu cão, o bater das unhas contra o chão, provavelmente, está na altura de as aparar.

Esta pode ser uma tarefa difícil, devido à falta de cooperação do animal, mas não é impossível. Siga estes passos:

  1. Se possível, habitue o seu cão desde pequenino, de modo a que se familiarize com o processo;
  2. Instalem-se confortavelmente: no chão, por exemplo;
  3. Utilize apenascorta-unhas específicos para animais, que encontra na sua farmácia ou clínica/hospital veterinário;
  4. Segure a pata do animal com firmeza e comece a cortar, com cuidado para não atingir o sabugo – uma zona com nervos e vasos sanguíneos. Nas unhas brancas, esta é a zona rosada da unha; nas unhas mais escuras, pode ser mais difícil de detetar – vá aparando, cuidadosamente, pequenos pedaços da unha, até esta ficar mais pequena;
  5. Não se esqueça de aparar a unha do esporão (unha que se encontra na parte interior da pata do animal);
  6. Se tiver dificuldades ou dúvidas durante este processo, não hesite em pedir ajuda a um médico veterinário.