Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Caspa… o que fazer?

A caspa, não sendo uma questão de saúde grave, pode ser motivo de incómodo e, em alguns casos, difícil de gerir. A boa notícia é que, muitas vezes, basta adotar certos cuidados no dia a dia para a conseguir controlar.

 

Se tem caspa, saiba que pode contar com a ajuda de vários produtos que, consoante a necessidade, ajudam a reduzir a oleosidade e/ou eliminar o excesso de células mortas do couro cabeludo. Informe-se com o seu farmacêutico sobre qual a melhor opção para si.

Sim, tenho caspa. E agora?

Em primeiro lugar, adote alguns gestos essenciais no seu quotidiano:

  • Evite a aplicação de produtos que possam ser agressivos para o couro cabeludo, como alguns produtos de auxílio ao penteado (exemplo: lacas e espumas);
  • Aprenda a gerir o stress – este afeta a sua saúde de um modo geral, podendo contribuir para desencadear o aparecimento de caspa ou para agravar outras manifestações associadas à mesma;
  • Aproveite os benefícios do sol: a radiação solar pode ser benéfica para quem tem caspa, mas a exposição ao sol deve ser feita de um modo regrado. Assim, aproveite com moderação os períodos ao ar livre, não se exponha em demasia e, sempre que o fizer, utilize protetor solar;
  • Se o seu couro cabeludo tem tendência para a oleosidade, lavá-lo diariamente (com um champô adequado para o efeito) pode ajudar a prevenir o aparecimento ou agravamento da caspa.
  • No banho, molhe bem o cabelo antes de colocar o champô e, no final, enxague-o muito bem;
  • Deixe o cabelo secar ao natural – evite o uso de secadores e de outros aparelhos que sejam agressivos para o cabelo, como placas de alisar.

Por fim, se estes cuidados não forem suficientes e/ou sentir que o seu champô habitual não está a ajudá-lo, lembre-se que existem outras alternativas. Na sua farmácia poderá encontrar vários champôs, loções e cremes para o combate à caspa.

Qualquer que seja a abordagem, será sempre necessária persistência e paciência. Assim, mesmo que não veja resultados imediatos, siga à risca as instruções presentes na embalagem do(s) produto(s) em causa, bem como o aconselhamento do seu farmacêutico.

Se, ao fim de um mês de utilização destes produtos, não notar melhorias, consulte um dermatologista.