Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Diabetes: Como detetar e agir em caso de hipoglicemia

A hipoglicemia não corrigida pode ter complicações graves para o doente. Conheça os sinais e como agir rapidamente.

A glicose é a principal fonte de energia do nosso organismo e é obtida tanto pela alimentação como produzida pelo fígado. A quantidade de glicose dissolvida no sangue denomina-se por glicemia e é apresentada em mg/dL.

A hipoglicemia ocorre se a dose de insulina for excessiva para a quantidade de alimento ingerido e/ou na presença de alguns fatores particulares (por exemplo jejum prolongado), manifestando-se por uma redução excessiva do valor da glicose (< 70mg/dL).

É caracterizada por palidez, suores frios, palpitações cardíacas, tremores, fome, náuseas, dor de cabeça, fraqueza nas pernas, cansaço, visão turva, sonolência, fala arrastada, confusão mental e ansiedade. No entanto, pode não ocorrer qualquer manifestação, sendo, por isso, essencial que quem tem diabetes monitorize a dose administrada e o valor de glicemia obtido.

Uma outra situação a ser tida em conta é a hipoglicemia noturna (diminuição dos níveis de açúcar no sangue, para valores inferiores a 70 mg/dL, durante a noite), a qual ocorre em 30 a 40% dos casos. É difícil de detetar, passando muitas vezes despercebida, mas pode ser prevenida:

  1. Pela ingestão de hidratos de carbono de absorção lenta, se a glicemia ao deitar for inferior a 120 mg/dL;
  2. Pela redução da dose de insulina ao jantar e ao deitar se tiver feito exercício físico à tarde ou à noite;
  3. Pela medição da glicemia sempre que aumentar a dose de insulina.

 

Em caso de hipoglicemia, se ainda estiver consciente, deve proceder da seguinte forma:

  1. Ingira hidratos de carbono de absorção rápida (açúcar diluído numa pequena quantidade de água ou sumo, mel…) ;
  2. Caso os valores da glicemia não regularizem ao fim de 15 minutos, a ingestão deve ser repetida;
  3. Quando os níveis de glicemia estiverem normais, deve ingerir um pequeno lanche com hidratos de carbono de absorção lenta (por exemplo: pão, massas ou tostas) para manter os valores estáveis.

 

A hipoglicemia ocorre, muitas vezes, por falta de informação relativamente à terapêutica. Não guarde as suas dúvidas; questione o seu médico ou farmacêutico e evite esta complicação.