Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Trabalho de parto: quais são os sinais e o que fazer?

Embora o trabalho de parto não aconteça da mesma forma para todas as mulheres, é importante saber identificar os sinais para que se possa agir rapidamente e assim assegurar o seu bem-estar e o do seu bebé.

 

À medida que a data prevista se aproxima, o corpo da grávida começa a dar sinais…

“Rompem-se as águas”: ocorre quando as membranas cheias de líquido que envolvem o feto (saco amniótico) se rompem e o líquido amniótico flui através da vagina. A rotura raramente passa despercebida, a não ser que a quantidade de fluido seja mesmo muito pequena (a quantidade é variável de mulher para mulher).

Perda do rolhão mucoso: durante a gravidez existe a formação de um rolhão mucoso no colo do útero, com o objetivo de proteger o bebé de infeções. Este tem um aspeto gelatinoso, pegajoso e acastanhado ou rosado. Perder o rolhão mucoso não é indicador que está em trabalho de parto, mas significa que pode estar próximo (pode ocorrer até duas semanas antes do parto).

O início do trabalho de parto…

O sinal inconfundível de que o trabalho de parto começou são as contrações.

Quando as contrações começam, podem ser leves, irregulares e distanciadas – semelhantes a cólicas menstruais (dores fortes localizadas no abdómen que pode irradiar para as costas). Com o passar do tempo, as contrações tornam-se mais prolongadas, fortes, próximas e regulares.

Mas atenção, existem falsas contrações, as chamadas contrações de Braxton Hicks, que surgem nas últimas semanas de gravidez, mas são irregulares e não são sinal de início do trabalho de parto.

O trabalho de parto ocorre em três etapas principais:

1ª Etapa: período de dilatação, que ocorre desde o início das contrações regulares até o colo do útero ter uma dilatação de cerca de 10 cm.

2ª Etapa: período de expulsão, que ocorre desde a dilatação completa até à total saída do bebé;

3ª Etapa: período desde a saída do bebé até à saída da placenta.

Se acha que está a entrar em trabalho de parto, tente manter a calma e telefone ao seu médico. Dirija-se à unidade de saúde onde pretende ter o parto, com o auxílio do seu companheiro ou ente mais próximo que possa informar o médico de qualquer informação que seja necessária.

Em caso de dúvida, converse com o seu médico e faça todas as perguntas necessárias para que se sinta confiante e segura perante o momento do parto.