Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Recomendações alimentares na gravidez

O que comer e o que evitar!

 

Uma alimentação adequada durante a gravidez é determinante para o correto desenvolvimento do futuro bebé e para garantir a saúde da mãe. Assim, de forma ter uma alimentação saudável, ou seja, variada e equilibrada, é necessário assegurar o consumo diário dos alimentos constantes na roda dos alimentos, nas proporções recomendadas pelo médico, e ter alguns cuidados:

  • ”coma para dois e não por dois”, ajustando a alimentação mais em termos de qualidade e frequência do que em termos de quantidade;
  • tome sempre um pequeno-almoço completo e diversificado;
  • faça 5 a 6 refeições por dia, mais ou menos de 3 em 3 horas: pequeno-almoço, almoço, jantar e pequenos lanches.
  • coma calmamente e mastigue bem os alimentos;
  • inicie as refeições principais com uma sopa;
  • prefira alimentos ricos em fibra como os cereais integrais, leguminosas, produtos hortícolas e frutos;
  • coma 3 a 5 porções de fruta por dia;
  • opte por métodos de confeção saudáveis (grelhados, desde que não demasiado “esturricados”; cozidos; cozidos a vapor; estufados e assados em pouca gordura, evitando os menos saudáveis (fritos);
  • coma diariamente carne, peixe ou ovos, para assegurar o aporte adequado de proteínas (especialmente no 2º trimestre);
  • prefira óleos vegetais, como o azeite;
  • beba cerca de 2 ou 3 L de água por dia (8 a 10 copos de água);
  • tenha um cuidado acrescido na escolha e nas porções dos alimentos;
  • pratique regularmente atividade física, adequada à gravidez;
  • lave adequadamente os legumes e frutas antes de os consumir ou cozinhar.

E ainda…

  • limite o consumo de carne vermelha a 2 ou 3 vezes por semana;
  • limite o consumo de açúcares simples (bolos, açúcar de mesa, doces, bebidas açucaradas, entre outros);
  • modere o consumo de sal;
  • evite o consumo de carne e peixe malcozinhados; leite e laticínios não pasteurizados; queijos mal curados; queijo fresco e requeijão e patês de qualquer tipo;
  • evite alimentos que agravam os desconfortos da gravidez, como a flatulência;
  • não ingira bebidas alcoólicas;
  • limite o consumo de café e chás estimulantes.