Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar

Maldita celulite!

Tem a inestética aparência de “casca de laranja” e resulta da acumulação de depósitos de gordura na pele, sob a forma de pequenos nódulos que surgem sobretudo nas coxas, ancas, nádegas e pernas.

 

A celulite aparece quando a gordura não é destruída ao mesmo ritmo que é armazenada, resultando no aumento de volume das células adiposas. Simultaneamente acumulam-se líquidos e as fibras que dão elasticidade à pele endurecem, contraindo-se e puxando a pele para baixo – daí a aparência irregular. Como resultado, pode ocorrer a compressão de terminações nervosas locais, responsável pela sensibilidade e dor associadas à celulite.

Este não é um problema exclusivo da obesidade: a celulite tanto surge em corpos com quilos a mais como nos que têm um peso adequado, podendo surgir até nos corpos magros.

 

Porquê as mulheres?

Embora possa surgir nos homens, a celulite é mais frequente nas mulheres porque:

  • O corpo feminino tem mais gordura: 20 a 25% contra 10 a 15% no corpo masculino;
  • As células adiposas estão organizadas por lóbulos em camadas verticais, o que permite armazenar mais gordura, enquanto nos homens se organizam na diagonal, em pequenas unidades;
  • As alterações hormonais femininas podem levar a uma maior formação de celulite, coincidindo com momentos como a puberdade, a gravidez e a menopausa.

 

Causas

Além do género, há outros fatores envolvidos:

  • Genética – determina a localização e quantidade de células adiposas;
  • Metabolismo lento – o desgaste das gorduras é retardado, o que favorece a sua acumulação;
  • Idade – com os anos, as fibras perdem consistência e tonicidade;
  • Ausência ou insuficiência de exercício físico;
  • Alimentação demasiado rica em gorduras e hidratos de carbono e pobre em vitaminas e minerais.

A celulite não é considerada uma doença mas a verdade é que constitui um problema para aqueles em cujos corpos se instala. É um problema que afeta a qualidade de vida de muitos dos utentes da farmácia, os quais podem contar com o farmacêutico para disponibilizar informação sobre o fenómeno em si e sobre os cuidados mais adequados para o combater.