Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
16 novembro 2016
Texto de Rita Leça Texto de Rita Leça

Reportagem sobre João Almiro vence prémio da UNESCO

​​​​​​​Trabalho da jornalista Ana Leal mostra legado do farmacêutico e fundador da Labesfal em prol da inclusão social de antigos reclusos.​
“Até Voares”, a reportagem sobre o trabalho de intervenção social do farmacêutico João Almiro, emitida pela TVI em Junho de 2015, ganhou o Prémio de Jornalismo “Direitos Humanos & Integração”, da UNESCO. ​

Nesta reportagem, a jornalista Ana Leal destaca o papel de João Almiro, fundador da Labesfal e proprietário de uma farmácia em Campo de Besteiros, na reinserção social de ex-reclusos e delinquentes, bem como no apoio aos mais desfavorecidos.  «Este prémio é, acima de tudo, um reconhecimento do trabalho do Dr. João Almiro e da Casa das Andorinhas. Não conheço ninguém que faça o mesmo que o Dr. João Almiro: partilhar a sua casa e a sua intimidade com pessoas de que ninguém quer saber e, ao mesmo tempo, dar-lhes instrumentos para viverem com dignidade. É, sem dúvida, a melhor pessoa que já conheci.», disse Ana Leal. 

«Foi a história da minha vida. E já lá vão 30 anos de jornalismo. Foi a história mais tocante e inspiradora que já fiz. É um privilégio poder contar esta história. Isto é jornalismo.», acrescentou.