Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
19 junho 2017
Texto de Carina Machado Texto de Carina Machado
Proteja-se dos fogos
​As farmácias portuguesas deixam indicações de saúde úteis a todos os que por esta altura lidam com os incêndios em Portugal. 
Os incêndios representam inúmeros riscos para a saúde, seja através da respiração do fumo repleto de poluentes e partículas que podem causar danos nos pulmões; seja pelo aumento da temperatura e desidratação; seja ainda pelas queimaduras.

Conheça alguns cuidados a adoptar para tratar de si e de quem está à sua volta em caso de exposição:

Se não for possível evitar as zonas com fumo, utilize máscaras e panos húmidos para evitar respirar partículas que possam causar danos nos seus pulmões;
Se tiver mesmo de atravessar de carro uma zona com fumo, feche as janelas e os ventiladores. Se o carro tiver ar condicionado, este deve ser ligado em recirculação;
Se for doente cardíaco e respiratório, assegure-se de que tem consigo a medicação SOS; 
Hidrate-se. A hidratação é um factor essencial. Em situações de muito calor, beba muitos líquidos, mesmo se não tiver sede. Evite bebidas alcoólicas, com gás, com cafeína ou ricas em açúcar;
Reponha os sais minerais perdidos pela transpiração. As temperaturas elevadas provocam uma maior transpiração, que pode ser acompanhada de fraqueza, cansaço e cãibras. Estas são indicativas de que é importante repor os sais minerais que perdidos. Beba sumos de fruta ou produtos de rehidratação oral que encontra na sua farmácia;
Se sentir comichão ou irritação nos olhos, coloque gotas de soro fisiológico (em monodoses) ou colírios com lubrificante, disponíveis na sua farmácia;
Se após a exposição a fumo tiver tosse, falta de ar, sensação de peso no peito, tonturas ou dores de cabeça, consulte um profissional de saúde. ​

Se tiver sofrido uma queimadura e esta for sem bolhas, devem ser adoptados os seguintes cuidados:

Arrefecer imediatamente a área queimada com água fria corrente por alguns minutos (este procedimento é fundamental pois a área queimada está aquecida e continua a lesar a pele, podendo aprofundar a queimadura, formando bolhas; quanto mais rápido o arrefecimento, menor a gravidade da queimadura);
Retirar, se possível, objetos que armazenem calor, por exemplo anéis, colares, brincos, cinto, objetos de metal ou de couro. Mas atenção: caso estes estejam aderentes à pele, não devem ser removidos, mas procurados cuidados médicos;
Proteger a área queimada com gaze, lenço ou pano limpo, mas apenas se a pele estiver íntegra;
Se não afectar a área entre os dedos, face ou genitais, pode aplicar-se gaze gorda ou cremes indicados para o efeito;​
Se a queimadura tiver bolhas, além dos cuidados anteriores, procure rapidamente cuidados junto de profissionais de saúde.