Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
4 julho 2017
Texto de Carina Machado Texto de Carina Machado
Paulo Cleto Duarte solidário com farmacêuticos do SNS
​​Classe em greve inédita, em resposta ao recuo do Governo no estabelecimento da carreira farmacêutica.
Tags
Farmácia
O presidente da ANF deixou um comentário na sua página pessoal de Facebook onde, «como farmacêutico», se mostra solidário com os colegas dos hospitais do SNS que, pela primeira vez na história, estarão em greve, nos dias 18 e 19 de Julho, e a partir de 1 de Agosto por tempo indeterminado.

Em causa está o recuo do Governo na decisão de publicar um diploma que implementaria a carreira farmacêutica na função pública, o qual havia sido negociado e acordado com o Ministério da Saúde em Março de 2017. A tutela justifica a decisão com a alteração da posição do Ministério das Finanças.

No seu comentário, Paulo Cleto Duarte saúda e sublinha «a abnegação dos colegas, que aceitaram negociar este tema sem qualquer impacto orçamental». Posição que considera um «grande exemplo, na melhor tradição dos farmacêuticos portugueses, que sempre procuraram fazer parte da solução dos problemas do país, mesmo quando não contribuíram para eles».

«Uma carreira farmacêutica moderna no SNS beneficia, em primeiro lugar, os cidadãos», conclui o presidente da ANF.