Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
12 maio 2016
  Viagens
Texto de Filomena Pereira, Cláudia Conceição e Rosa Teodósio (Médicas) Texto de Filomena Pereira, Cláudia Conceição e Rosa Teodósio (Médicas)
Leve saúde no avião

​​​​​​​Se vai passar as férias de Verão longe de Portugal está na hora de marcar uma Consulta do Viajante. ​

Quando pensamos em viajar, decidimos o destino, planeamos o que queremos ver, organizamos o transporte e o alojamento. No entanto, devemos também obter informação sobre a necessidade de realizar uma Consulta do Viajante, uma vez que existem destinos que nos colocam riscos de saúde. Estes dependem de factores como a duração e o propósito da viagem, da estação do ano e do estilo de vida que pretendemos ter no destino.

A Consulta do Viajante deve ser efectuada, no mínimo, com 45 dias de antecedência, uma vez que pode ser necessária a prescrição de medicamentos e vacinas. Como existem vacinas que requerem mais do que uma dose, deve sempre completar o esquema vacinal recomendado na consulta.

Na Consulta do Viajante é obtida e avaliada informação sobre o estado de saúde do viajante e dadas indicações de prevenção sobre doenças transmitidas por vectores – por exemplo, zika, malária /paludismo e dengue – por alimentos ou microrganismos que vivem nos rios e em águas paradas. São também fornecidos conselhos sobre prevenção de infecções sexualmente transmissíveis e indicados os objectos que não devem faltar no estojo médico básico do viajante.

Como evitar a picada de insectos:

Utilize vestuário de cores claras, largo, que cubra o corpo o mais possível;

O repelente deve ser aplicado de três em três horas nas áreas expostas do corpo, incluindo palmas das mãos e plantas dos pés se descobertos, evitando
o contacto com os olhos, nariz e boca;

Quando aplicar qualquer creme em conjunto com o repelente, nomeadamente protector solar, o repelente deve ser aplicado por último;

Se necessitar de protecção adicional, pode aplicar repelente ou insecticida com permetrina no vestuário;

Não é necessário aplicar repelente quando estiver num local com ar condicionado a uma temperatura de 18ºC.
Se o local de alojamento não tiver este sistema de refrigeração, deve utilizar uma rede mosquiteira para dormir, de preferência
impregnada  com insecticida;

As portas e as janelas devem estar fechadas sempre que não estejam protegidas com rede mosquiteira ou não exista ar condicionado.
 
Cuidados de higiene alimentar:

Deve optar por bebidas engarrafadas e seladas. Pode tornar a água própria para consumo fervendo-a durante 5 a 10 minutos em bolhas grossas ou desinfectando-a com 2 gotas de lixívia a 5% por cada litro de água;

Não deve consumir gelo;

Deve ingerir alimentos bem cozinhados e quentes, evitando qualquer alimento cru;

Deve consumir fruta lavada com água própria para consumo, descascada por si após lavagem das mãos;

Evite consumir alimentos em locais com condições de higiene duvidosa.
 
Durante a estadia e após o regresso:

Sintomas como febre, dores articulares e musculares, dores de cabeça, náuseas, vómitos, dores de estômago, diarreia, sintomas urogenitais, lesões/ comichão na pele e sensação de inchaço podem indicar que contraiu uma doença. Se durante a sua estadia tiver algum problema de saúde deve ir a uma consulta dentro de 24 horas.

Após o regresso, se apresentar algum dos sintomas acima descritos deve consultar o médico. Deve também realizar uma Consulta de Medicina Tropical se a sua estadia tiver sido prolongada (mais de três meses), se for portador de uma doença crónica, sempre que se sentir doente (até cerca de seis meses após o seu regresso) ou se considera que esteve exposto a uma doença infecciosa.

Como vê, existem muitas razões para realizar uma Consulta do Viajante. Se vai viajar, especialmente para um país tropical, marque a sua consulta e proteja a sua saúde! 
Notícias relacionadas