Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
30 maio 2017
Texto de Rita Leça, enviada especial a Buenos Aires Fotografia de Paola Gallarato Fotografia de Paola Gallarato Texto de Rita Leça, enviada especial a Buenos Aires
"La farmacia" do Papa

​​​​​​​​​​Antiga farmácia que cuidava da família Bergoglio é hoje um café.

Tags
Farmácia Portuguesa #220 Reportagem
«Esta era a farmácia da família Bergoglio», conta José Maria Acosta, 62 anos, morador do bairro Flores quando era criança, o mesmo onde Jorge Mario Bergoglio, agora Papa Francisco, viveu a sua juventude.

José Maria Acosta já não conheceu o Papa, e também já não vive neste bairro, situado em Buenos Aires, Argentina. Mas conhece como ninguém as histórias do local. «Venho aqui muitas vezes para recordar a minha infância», confessa, apesar de o bairro já não ser o que era.

A antiga farmácia, situada na Avenida Directorio, uma das ruas principais do bairro, é prova dessa mudança. «Antes, esta avenida era de dois sentidos e havia muito comércio. Hoje, nem tanto», lembra Silvia Torre, dona da imobiliária mais antiga do bairro Flores, a Odon Torre Propriedade e Hijo.

Os donos do agora café mantiveram o nome La Farmacia e, no interior, é possível descobrir, entre fotografias de personalidades famosas, dezenas de frascos onde antes foram guardadas poções para curar inúmeros males, bem como cartazes publicitários de meados do século passado.

Notícias relacionadas