Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
24 março 2017
Texto de Carina Machado Texto de Carina Machado
Farmácias ajudam a gerir medicação
​Australianos valorizam intervenção da farmácia na gestão da terapêutica crónica.
Tags
Gestão terapêutica Doenças crónicas
​O estudo “2017 Healthy Futures Report” revela que, no último ano, 44% dos australianos com mais de 18 anos tomaram medicação de prescrição obrigatória para doenças crónicas. Desses, 41% admitiram falhar três ou mais doses diárias num mês.

Perto de 80% dos inquiridos concordam que, se tivessem de tomar medicamentos prescritos pelo médico, a ajuda da farmácia na preparação individualizada da terapêutica seria ‘útil’. Desses 77%, 41% entendem que seria ‘extremamente útil’.

O mesmo estudo, construído com base na percepção dos consumidores australianos, revela que 72% consideram ‘muito conveniente’ a disponibilização imediata nas farmácias do seu histórico clínico após uma consulta médica.