Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
13 outubro 2017
Texto de Maria Jorge Costa Texto de Maria Jorge Costa Fotografia de Bruno Raposo Fotografia de Bruno Raposo

“Farmácias Amigas do Viajante” vence Prémio João Cordeiro 2017

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​O projecto vencedor pretende apoiar os viajantes antes, durante e após a viagem.

Tags

O projecto “Rede das Farmácias Amigas do Viajante” é o vencedor da edição de 2017 do Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácia, no valor de 20 mil euros. O anúncio foi feito no dia 12 de Outubro, no Centro de Congressos de Lisboa.  A cerimónia contou com as presenças do presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), Paulo Cleto Duarte, do presidente do júri, Diogo de Lucena, professor da Universidade Nova, e do vice-presidente do Infarmed, Rui Ivo.​​

Aproveitando a rede de farmácias comunitárias e o conhecimento especializado do farmacêutico, o projecto pretende apoiar o viajante na prevenção da doença antes, durante e após a viagem, através de aconselhamento adequado, fácil e ágil, com recurso a um portal de Internet e uma aplicação móvel. O portal permite a interacção com o sistema a farmacêuticos e médicos aderentes, enquanto a app é utilizada pelos viajantes com informação sobre medicação, riscos e cuidados a ter no destino. Foram estes objectivos que levaram o júri a premiar o projecto de João Luís Batista, médico, presidente do Centro de Investigação e Desenvolvimento da Beira e parceiro da Universidade da Beira Interior.

Nuno Pombo, parceiro do projecto, aceitou o prémio em representação de João Luís Batista: “Neste momento ocorrem-me três palavras: reconhecimento, motivação e responsabilidade. Com o Prémio João Cordeiro e com o apoio da Associação Nacional das Farmácias, vamos levar o projecto, com muita motivação e energia, a todas as farmácias portuguesas e, quem sabe, além-fronteiras”, assegurou. 

BR_171012_5898.jpg
 
Na cerimónia, o presidente da ANF referiu que o Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácias “surge pelo nosso compromisso com a inovação, de percorrer os caminhos antes de eles existirem”. De acordo com Paulo Cleto Duarte, esta é uma iniciativa importante para o sector das farmácias porque permite “promover a união entre quem está de fora e vê oportunidades que nós que estamos cá dentro ainda não conseguimos visualizar, e nos desafiam, levando-nos a um patamar diferente de resolução de problemas concretos de saúde, mas também de conveniência e proximidade com os portugueses”. 
 
O Prémio João Cordeiro é uma iniciativa única em Portugal. Promovida pela Associação Nacional das Farmácias, dirige-se a todas as boas ideias e vontade de as implementar e não apenas a farmacêuticos. O facto de premiar projectos a concretizar e não realizações passadas contribui igualmente para a sua singularidade.​​​​

 ​
 

Notícias relacionadas
Galerias relacionadas