Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
15 setembro 2016
  Hospitais
Texto de Nuno Esteves Texto de Nuno Esteves
Farmácia do Santa Maria deixa factura de 7,5 M€
Obrigações para com o hospital nunca foram cumpridas pelo concessionário.

​A farmácia aberta ao público que operou no Hospital de Santa Maria até 2013 “nunca pagou nada ao Centro Hospitalar”. Quem o diz é Carlos Martins, presidente do Conselho de ​Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte, que dá conta de um prejuízo de sete milhões e meio de euros.

A bastonária dos farmacêuticos, Ana Paula Martins, lembra que a Ordem sempre teve “muitas dúvidas, objectivas e fundamentadas em evidência, de que resultasse” ter farmácias a operar dentro de hospitais.

O espaço anteriormente ocupado por esta farmácia é agora uma farmácia hospitalar que serve doentes em ambulatório.​​​