Política de utilização de Cookies em Revista Saúda Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
22 novembro 2016
Texto de Sílvia Cunha (Nutricionista) Texto de Sílvia Cunha (Nutricionista)

Doces para pessoas especiais

​Quem sofre de intolerâncias alimentares também pode saborear o Natal.

O aproximar da quadra natalícia está associado a excessos de açúcares e gorduras das iguarias típicas da época.

O aumento das intolerâncias alimentares conduziu a novas abordagens relativamente a ingredientes específicos, potencialmente alergénios ou associados a intolerâncias alimentares, dos quais se destaca o leite, a farinha de trigo e os ovos. Neste texto apresentamos sugestões e estratégias relacionadas com a intolerância à lactose e a doença celíaca nesta época.

  • A intolerância à lactose resulta da redução da capacidade do organismo em produzir a enzima lactase, necessária à digestão do açúcar naturalmente presente no leite (a lactose). A intolerância à lactose é, por norma, uma condição permanente. No entanto, atendendo a que a deficiência total da enzima lactase é rara, os intolerantes à lactose poderão, ainda assim, tolerar este açúcar em doses mais baixas.​
  • A doença celíaca é uma doença auto-imune, originada por uma sensibilidade permanente ao glúten, proteína que se encontra no trigo, centeio e cevada. Dada a tendência da indústria alimentar  em acompanhar as necessidades dos consumidores, existem no mercado produtos isentos (ou com teores reduzidos) de lactose e produtos isentos de glúten. Mais do que responder às dificuldades de pessoas intolerantes, pretendemos auxiliar os anfitriões de encontros gastronómicos associados à época (e que vão muito além da ceia de Natal propriamente dita):
  • Se for o anfitrião do convívio, poderá elaborar pequenos cartões com os ingredientes que cada prato tem na sua composição, auxiliando no esclarecimento e na escolha das iguarias.
  • Se souber de antemão que tem convidados com intolerâncias ou alergias alimentares, solicite mais informações junto dos mesmos sobre as restrições e preferências, aproveitando para lhes pedir sugestões de pratos típicos com substituição de ingredientes e/ou propostas de novos pratos.

​Atendendo aos pratos tradicionais como o bacalhau, o cabrito, o peru, o polvo e aos acompanhamentos habituais: arroz, batatas (cozidas ou assadas) e hortícolas variados (crus ou cozinhados) a sobremesa é o prato que terá maior probabilidade de apresentar ingredientes ricos em lactose e glúten. Pode optar por receitas isentas de lactose ou glúten, ou ainda substituir os ingredientes com glúten ou lactose por outros que não tenham estes constituintes. 

Veja aqui a nossa espectacular receita de ​Manjar de coco ​​e a de Fatias douradas. São ambas indicadas para intolerantes alimentares.
Notícias relacionadas