Política de utilização de Cookies em ANF Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os novos termos e condições de privacidade.
Aceitar
14 janeiro 2017
Texto de Paulo Jacob (Farmacêutico) Texto de Paulo Jacob (Farmacêutico)
Bebé bem nutrido na barriga

​​​​​​​​​​Ferro e ácido fólico são quase sempre aconselhados.

​O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, é especialmente importante no início da gravidez. À medida que os tecidos maternos (sangue, útero, etc.) se expandem durante a gravidez, as necessidades nutricionais de ácido fólico aumentam. O ácido fólico tem um papel crucial na formação e no funcionamento do sistema nervoso do feto, no desenvolvimento e na produção de glóbulos vermelhos, bem como na prevenção de malformações no feto, como a espinha bífida.

Se não tomou ácido fólico antes ou no início da sua gravidez, não se​​​ preocupe. Lembre-se que uma alimentação completa, variada e equilibrada permite satisfazer na totalidade ou em parte as necessidades diárias.
​​​​​
O ferro é esquecido frequentemente mas uma em cada quatro mulheres em idade fértil sofre de deficiência deste mineral, sendo que as necessidades da grávida vão quase duplicar.

O ferro é o principal constituinte da hemoglobina, permitindo que os glóbulos vermelhos transportem o oxigénio até às células. Este mineral é importante tanto para a mãe como para o bebé, sendo essencial no desenvolvimento neurológico  do embrião.
 
Actualmente, é prática corrente a indicação de toma de suplementos em ferro e/ou em ácido fólico. Se tiver dúvidas, pode aconselhar-se com o seu farmacêutico. 


Como aumentar a absorção do ferro? O truque é ingerir na mesma ​​​​refeição vitamina C. Por isso, beneficie das vantagens da fruta fresca à sobremesa, por exemplo com alguns citrinos para ajudar a absorver o ferro!
Notícias relacionadas